Archive for mídia

O que VOCÊ pensa disso?

Mediunidade ou sobrenatural?

Filippo – Vale

Leave a comment »

Aquela Carta

Às vezes quando precisamos, a ajuda vem de onde não imaginamos e essa carta é um exemplo disso. Não cabe dizer qual foi à situação, e o porque foi escrita, o importante é que me foi bastante útil. Espero que mesmo não sendo endereçada diretamente a você, permita uma reflexão pois o assunto se encaixa perfeitamente no universo do jovem. Espero que façam bom proveito…

PS: Os (XXXX) são para preservar a identidade do remetente ou alguma outra situação que considero particular…

São José dos Campos, 28 de Novembro de 1997.

Sexta-feira 19:25h

Caro (XXXX) Pedro Paulo

Ás vezes me vejo pensando em minha adolescência, nas coisas erradas que fiz, nas coisas boas e nos conselhos que não segui. Quando somos imaturos, achamos que sabemos de tudo e que os outros só pensam em si mesmo e não sabem o que é bom para nós. Temos prazer em não fazer aquilo que as pessoas a nossa volta dizem que é bom, pois assim não damos o braço a torcer, nos sentimos vitoriosos.

Mas essa vitória consiste exatamente no que? Consiste em não ferirmos o nosso orgulho, por que nós temos que estar certos até o fim. E qual será o fim? Quando? Por que? Você tem (XXXX) anos, e então? Será que já não é chegado o momento de se auto-analisar e descobrir que o mundo não consiste apenas no momento presente; que as pessoas a sua volta te amam e se preocupam com você. Esqueça as nossas implicâncias de praxe e avalie o conteúdo de nossas afirmações. Porque será que nós enchemos sua cabeça? Porque nós gastamos nosso tempo, projetando sua vida? É porque você ainda não está fazendo isso e o seu momento já chegou. Não perca as oportunidades que Deus coloca a sua frente, pois com o tempo, você vai deixar de enxergá-las e nós também.

Eu e (XXXX) precisávamos que alguém não deixasse que nos perdêssemos em meio às novidades e dificuldades. Porém, acabamos aprendendo na prática, apanhando mesmo, pois nossos pais nunca se preocuparam com isso. Mas o que importa é que agora damos um valor diferente às coisas que nos acontecem, o que é mais facilitado por estarmos estudando o Evangelho de Jesus; É só por em prática! (mas ta difícil). O que me levou a escrever esta carta foi a sua expressão de cansaço e desalento perante a vida. Tem tanta gente que queria estar no seu lugar, com uma cama quentinha para dormir, comida para comer, emprego para ir, irmãos para brigar, cunhada pata te chatear. Enfim, tudo que temos devemos a Deus, pela sua misericórdia, por sermos sadios, por estarmos vivos e por sermos amados por Ele e pela nossa família. Hoje chegou a 1ª parte de seu curso básico de espiritismo por correspondência. Pesquise com vontade e curiosidade no livro que deixei sobre sua cama. O que você não conseguir responder converse conosco e pesquisaremos juntos. Não deixe as oportunidades passarem. Eu não estou dizendo isso para você se tornar espírita, mas com a esperança de que na busca para pequenas questões você descubra a você mesmo e o Deus que existe em você. Nós somos deuses e não sabemos! O nosso pensamento é tudo!

Pense que está na hora de amadurecer e se abrir para amar as pessoas a sua volta! O amor é expresso em pequenos gestos de companheirismo e amizade. Não guarde seus sentimentos, mas expresse-os de maneira branda, buscando soluções. Conte comigo! Sempre…

(XXXX)

(XXXX)

SIMPLESMENTE

CIRCUS MUSICALIS

[http://palcomp3.cifraclub.terra.com.br/circusmusicalis/]

Composição: Fábio Cabelo

Quero um abrigo para estar em paz

Quero poder estar feliz demais

Pra você entender que o tempo se desfaz

E correr não apressa o que virá

Quero um motivo pra poder cantar

Quero saber o que era p`reu falar

Pra você entender que o tempo é de fazer

E amar tanto quanto bate o coração

Pedro – Vale

Comments (1) »

O que ele deixou de bom…

200573078-001Michael Jackson desencarnou. Talvez, depois de repetirem por horas seguidas na TV,  essa seja a primeira vez que você esteja lendo esta frase com um termo espírita. Pois é, chegou a vez dele.

Nós acreditamos que a vida na Terra é uma passagem, apenas uma encarnação. Claro, deve ser valorizada como única, mas há vida depois desta vida. E para Michael, não é diferente. Pode ser que você que está lendo este texto, não tenha visto o que chamamos “Deus do Pop” dançar e cantar e por isso não entender o quão sentida é a perda dele. O cara era fera! Me lembro que a primeira vez que o vi, atentei para algo impressionante: ele cantando, ainda assim, conseguia dançar melhor do que o corpo de bailarinos, que só dançavam! É um dom, um talento.

Líder de uma banda aos 05 anos de idade, seguiu carreira solo pouco depois, teve cinco dos seus álbuns mais vendidos na história da música mundial, inovou na concepção de video clipes, foi o primeiro afro-americano a receber um prêmio da MTV e chegou a ser um dos homens mais conhecidos do mundo. Criou um estilo próprio: luvas, danças, moonwalker (quando parecia que andava ao contrário), chapéu e tudo o mais que o cercava.

53039227CA004_Jury_ContinueMas será que Michael Jackson conseguiu realizar sua missão? Será que ele conseguiu alcançar o que tinha se proposta? “A quem muito é dado, muito será cobrado”, já disseram uma vez. E com certeza ele recebeu muito: mídia, carinho incondicional do público e dinheiro, muito dinheiro.

Em contrapartida, sofreu. Se tornou consumista, brigou com a própria família, se isolou. Se trancou em uma ilusão própria, na Terra do Nunca, um grande parque de diversões de uma pessoa só. Ora, ninguém consegue ser feliz por muito tempo em um parque de diversões sozinho, não é?

Acho que foi isso que Michael percebeu.

Mas, estranhamente, em nossa memória afetiva, ele continua sendo “o cara”. O rei do pop! E por quê? A mídia ajudou, com certeza. Mas também se trata de carisma. E não se esqueceu sua origem, de onde veio e das dificuldades que enfrentou por viver com um pai disciplinador que, muitas vezes, perdia a mão e esquecia que ele era um menino de 05 anos.

Michael sempre ajudou organizações menos favorecidas, mantinha 38 delas e fez generosas doações – daquelas que o pessoal ganha ao final de reality shows –  à instituições como UNESCO, Nelson Mandela, United Negro College, Ronald McDonald for Good Times, Make a Wish,Give for Life, Research On Child Abuse e Wishes Granted, dentre outras. Fez visitas à hospitais, levou fãs anonimos à sua casa, doou objetos pessoais para leilões beneficentes. Aqui, uma lista das incontáveis e incontestáveis atitudes caridosas de Michael.

E uma de suas ações mais famosas, foi feita para a campanha USA for África, organizada por ele, ao convidar diversos artistas para cantarem juntos e angariar fundos para o projeto (clipe abaixo).

O que fica é sua música, como esta, com uma letra tão significativa, suas ações e sua arte.

Portanto, se ele cumpriu ou não sua missão, nunca saberemos. Mas que fique o exemplo do que ele fez, e o que ele deixou de bom…

Filippo – Vale

Comments (7) »

Aprenda a piar no Twitter

Twitter é uma rede social e servidor para microblogging que permite que os usuários enviem atualizações pessoais contendo apenas texto em menos de 140 caracteres via SMS, mensageiro instantâneo, e-mail, site oficial ou programa especializado.

Qual a idéia? Simples, você só precisa responder à seguinte pergunta: O que você está fazendo?

Útil? Pode ser. Inútil? Também. Tudo é relativo, dependendo do uso.

Vamos começar pelo começo. O vídeo abaixo, feito pelo site Fazer o Quê, é um tutorial sobre o cadastro no Twitter.

Pronto. Agora você só precisa escrever, seguir ou ser seguido. Quando você achar alguém que queira acompanhar, clique em “follow” e então todas as atualizações feitas por esse usuário aparecerão para você. Seus seguidores, que clicaram no botão “follow” do seu perfil, verão o que você escreve.

Pessoas conhecidas utilizam o Twitter. Barack Obama usou muito durante as eleições norte-americanas. No Brasil, as pessoas mais seguidas são indicadas nesse ranking. O presidente Lula está prestes a ter o seu próprio.

Você não precisa escrever suas mensagens diretamente do site. Pode enviar textos pelo celular, através de um comunicador instantâneo, ou pelo TwitterFox, por exemplo.

Para terminar, como não poderia deixar de ser,

Siga-me no Twitter, e acompanhe o que acontece no blog e no Espiritismo.

http://twitter.com/dalhemongo

Saudações DalheMonguerreiras,
HEY!

DalheMongo
Administrator Mor

Comments (1) »

Chaves e os Espíritos Zombeteiros

Chaves também é cultura.

Dona Clotilde utiliza suas faculdades mediúnicas para solucionar um mistério que ronda a vila.

O episódio foi dividido em 6 partes. Segue abaixo a parte final.

Sonambulismo. Espíritos Zombeteiros. Mesas Girantes.

DA EMANCIPAÇÃO DA ALMA é um dos capítulos de O Livro dos Espíritos.

O sonambulismo é abordado inicialmente na seguinte pergunta.

425. O sonambulismo natural tem alguma relação com os sonhos? Como explicá-lo?
É um estado de independência do Espírito, mais completo do que no sonho, estado em que maior amplitude adquirem suas faculdades. A alma tem então percepções de que não dispõe no sonho, que é um estado de sonambulismo imperfeito. No sonambulismo, o Espírito está na posse plena de si mesmo. Os órgãos materiais, achando-se de certa forma em estado de catalepsia, deixam de receber as impressões exteriores. Esse estado se apresenta principalmente durante o sono, ocasião em que o Espírito pode abandonar provisoriamente o corpo, por se encontrar este gozando do repouso indispensável à matéria. Quando se produzem os fatos do sonambulismo, é que o Espírito, preocupado com uma coisa ou outra, se aplica a uma ação qualquer, para cuja prática necessita de utilizar-se do corpo (…)

Para mais, consulte a codificação.

Yuri, VALE.

Leave a comment »

Playing for Change

Playing for change – ou em livre tradução “Tocando por Mudança” – é um projeto que visa conectar o mundo através da música. Artistas de rua desconhecidos, do mundo inteiro, se unem pela música para celebrar canções com mensagens geniais e mostrar a todos que apesar de divergências, é possível a união.

“O ato de tocar com pessoas de diferentes culturas, religiões, linhas economicas e políticas demonstra a força da música. Mostra que podemos encontrar formas de trabalho, juntos, dividindo experiências de maneira positiva. A música tem o poder de quebrar os muros entre culturas e criar níveis de entendimento humano”
~ Mark Johnson, fundador do “Playing for Change”

Veja os dois vídeos, resultados desta experiência. O segundo deles, “Stand by Me” dos Beatles, inclusive, conta com a contribuição de um brasileiro, Cesar Pope (2min38) que toca cavaquinho.

“Don’t Worry”

“Stand By Me”

Para ver mais vídeos do projeto, clique aqui.

Filippo – Vale do Paraíba

Comments (1) »

Manual de Instruções para a Vida

A luta pelo respeito à liberdade de escolha.

[Existe a opção para legendas em Português no menu inferior direito]

Yuri, VALE.

Comments (2) »